Projeto VAMOS – Sentir, Estimular e Autonomizar a Vida inaugura “Celeiro”

Projeto de demências da Santa Casa da Misericórdia de Seia inaugura espaço de intervenção com áreas multissensoriais preparados para atividades relacionadas com a ruralidade.

No passado dia 2 de junho, a Santa Casa da Misericórdia inaugurou o espaço de intervenção multissensorial que é parte integrante do projeto “VAMOS – Sentir, Estimular e Autonomizar a Vida”.

Este espaço, denominado “Celeiro” faz parte do conceito de intervenção em meio rural, onde é feita a intervenção cognitiva e sensorial através de atividades de proximidade à terra e experiências de estimulação capazes de responder a todas as necessidades físicas e mentais da pessoa com demência.

Durante a cerimónia foi assinado o protocolo de cooperação entre a Santa Casa da Misericórdia de Seia, a Câmara Municipal de Seia, a União das Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros e a Junta de Freguesia de Santigo para o desenvolvimento de políticas de envelhecimento ativo e saudável, com especial relevância para a Investigação e Desenvolvimento (I&D) na área das demências.

Para o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Seia, Paulo Caetano, esta é uma aposta que vai ter resultados no médio prazo, pois todo o trabalho e investimento que se está a fazer só será visível daqui a alguns anos.

Tanto para a Santa Casa da Misericórdia de Seia como para os parceiros sociais, é importante cuidar destas pessoas com dignidade e provar que a inovação e a diferenciação de metodologias de intervenção e serviços são, também necessárias, em áreas como a demência e em lugares como o Interior do país.

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Misericórdia de Seia © 2022 – By TRIPLO